sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

O Mar

Caminhei até o mar.
Nunca fui muito do mar, mas estou gostando cada vez mais dele. Ele tá sempre aí quando você procura. Não vai faltar.

É que não dá para duvidar de tudo.
Eu, por exemplo, precisava de alguma certeza para me segurar. Tipo, sei lá, que amanhã, vai chover...

Só que não. Não vai.
Porque sempre que disserem que vai, não vai.
E se disserem que vão, não vão. E se disserem "vamos!", nem se mexa...

Portanto, qualquer coisa que for acontecer, não acontece.
O que acontece, é de golpe, sempre.
...
...
E então eles dizem: "Tem que Reagir!"

Parece que estamos voando sem asas, num céu estrelado de ideias lindas.
Tentando agarrá-las. Cada um por si, ainda pedindo a ajuda dos outros.

Diz o ditado que não se pode contar com ninguém, a não ser consigo mesmo.
Bom. Eu acreditei no exato contrário durante toda a minha vida.
Mas tudo bem, não tem idade para aprender.
[Outro ditado.]
Temos que voltar para o mar.

Um comentário: